A Associação Educadora São Carlos (AESC) é uma instituição filantrópica, sem fins lucrativos. Atuamos, prioritariamente, nas áreas de saúde, educação e responsabilidade social.

Conheça e saiba como ajudar!
RECONSTRUÇÃO DO HOSPITAL MÃE DE DEUS - ESCOLHA ACOLHER
A maior tragédia climática da história do Rio Grande do Sul comprometeu a estrutura da nossa principal unidade de saúde: o Hospital Mãe de Deus. Como consequência, milhares de gaúchos ficam sem assistência e o sistema de saúde local fica sobrecarregado. Apoie a reestruturação e a reabertura desta unidade para seguirmos com a nossa missão de acolher e cuidar da saúde. Cada doação é essencial neste momento de emergência para a população do estado.
Créditos: André Malinoski / Agencia RBS
Sua doação pode apoiar milhares de pessoas
Por meio das nossas unidades, acolhemos, cuidamos e protegemos todas as pessoas em situação de vulnerabilidade social, buscando assegurar os direitos socioassistenciais para melhorar a qualidade de vida da população.
Você também pode ajudar o Centro de Atendimento ao Migrante (CAM), que oferece orientações gratuitas a migrantes, refugiados e apátridas, como advocacy, empregabilidade, ensino e outras iniciativas para que tenham novas oportunidades de vida.
DOE
OPORTUNIDADE
Nossas unidades que atendem
100% via Sistema Único de Saúde
(SUS) contam com o seu apoio
para levar cada vez mais eficiência ao atendimento de quem mais precisa.
DOE
SAÚDE
Quem Somos
A Associação Educadora São Carlos (AESC) materializa, no Sul do Brasil, a presença da Congregação das Irmãs Missionárias de São Carlos Borromeo - Scalabrinianas, fundada em 1895, na Itália, pelo bispo São João Batista Scalabrini. Com atuação nas áreas de saúde e responsabilidade social, estamos presentes nos municípios de Porto Alegre, Capão da Canoa e Caxias do Sul, através das unidades:

SAÚDE
Porto Alegre: Hospital Mãe de Deus, Hospital Santa Ana e Centros de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas (CAPS AD)
Capão da Canoa: Hospital Santa Luzia

RESPONSABILIDADE SOCIAL
Caxias do Sul: Centro de Atendimento ao Migrante (CAM)

Geramos mais de 3,5 mil empregos diretos. Em 2023, na área da saúde, realizamos mais de 690 mil atendimentos, 30 mil internações, 55 mil cirurgias e 2 milhões de exames. Já na área de responsabilidade social, oferecemos 14 mil atendimentos a migrantes, refugiados e apátridas.
A AESC complementa a Rede de Atenção à Saúde, como disposto na Constituição Federal, no Art. 199.

No entanto, somente em 2023, cofinanciamos com recursos próprios R$ 98,2 milhões para garantir a entrega de uma assistência qualificada aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).
Saúde
Essa defasagem impõe, a cada ano, mais dificuldades para a sustentabilidade e novos investimentos, que permitiriam manter a qualidade e a continuidade dos serviços prestados à população.

Apoie as nossas unidades e contribua para garantir o acolhimento das pessoas que precisam dos nossos serviços na área da saúde.
Déficit SUS
200.000
Atendimentos / ano
Responsabilidade
Social
O Centro de Atendimento ao Migrante (CAM) tem a missão de acolher, proteger, promover e integrar migrantes, refugiados e apátridas.

É referência nacional em atendimento a partir da atuação focada nos 57 municípios da circunscrição da Polícia Federal da região da Serra Gaúcha e ações de formação e capacitação sobre a causa migratória. Diariamente, mobiliza esforços pelo respeito à cidadania, ao bem-estar e à defesa e garantia de direitos.
Atendimentos em 2023
14.107
Faça a diferença e contribua para que mais pessoas possam ser acolhidas e tenham novas oportunidades de vida.
Feito por ϟ doare.org
(51) 98682 7632
captação@aesc.org.br
Todos os direitos reservados 2024 | Política de Privacidade | Termos de Uso